Home » Texto

Os Judeus do CLASSIC ROCK!

Enviado por on 13/07/2011 – 16:00nenhum comentário

rockOs judeus fizeram parte do Rock mundial. Aqui trazemos uma lista lista longa, com cada traço do judaísmo dos maiores ícones mundiais. Foi com amor, que esta lista foi meticulosamente compilada pela produtora Jewcy e com a ajuda de Izzy Grinspan.

Kenny Aaronson
O baixista Kenny Aaronson tem tocado  com uma longa lista de celebridades do rock, entre eles Bob Dylan, Hall & Oates, Rick Derringer, Foghat, Sammy Hagar, Billy Idol, Joan Jett, e os Rolling Stones. No início dos anos setenta ele era um membro da banda Histories, que marcou um com a canção de amor  “Brother Louie” no verão de 1973. Aaronson nasceu no bairro religioso de Crown Highs, em Brooklyn, EUA.

Paula Abdul
A Ex-Cheerleader dos LA. Lakers, agora é árbitra de talentos  do “American Idol”. Abdul começou sua carreira na música coreografando para Janet Jackson, mas quando Jackson elogiou a voz dela, ela usou o dom de seu trabalho de dança para gravar “Forever Your Girl”. Seu pai é um judeu sírio, enquanto sua mãe é judia e franco-canadense. Iniciou  uma campanha em favor de judeus que tiveram que fugir de países árabes, usa sua imagem em um de seus cartazes.

Lou Adler
Ele não deve vir como uma surpresa. Ele é o  homem que trouxe o Rocky Horror Picture Show à tela americana e foi também um grande gerente de rock. Lou Adler começou sua carreira trabalhando com Herb Alpert, colega de estudos, como co-gestor do  grupo Jan e Dean. Logo ele e Alpert estavam escrevendo músicas juntos sob o nome de Barbara Campbell, mas a parceria acabou em 1964, quando Adler fundou sua própriagravadora, Dunhill Records.

Aerosmith
Rumores sobre a origem judaica do Aerosmith, com  Steven Tyler , o vocalista, O que é certo é que o baterista Joey Kramer era judeu religioso em sua infância

Alisha
Uma das muitas estrelas mono-monikered pop dos anos oitenta, Alisha tinha apenas quinze quando seu auto-intitulado álbum se tornou um hit em 1985. Ela nasceu em uma casa judaica tradicional no Brooklyn.

The Archies
Os judeus estavam fazendo bandas muito antes da famosa Making the Band. Basta olhar para os Archies, e o seu mais conhecido hit, do ano de 1969 chamado “Sugar, Sugar”.

Army of Lovers
Grupo Sueco de Rock, com dois dos brincalhões escandinavos que cantam misturando íidiche e hebraico com sueco.

Elvis Aaron Presley

É conhecido que o pai de Elvis era judeu. Restam dúvidas sobre sua mãe.

Bad Religion
Brett Gurewitz se encaixa no modelo de outros músicos judeus com gravadoras, mas com uma notável exceção: sua gravadora, Epitaph, é um dos mais influentes do punk rock. Gurewitz é de origem judaica, mas tornou-se afastado da religião quando tinha quinze anos, e fundou sua banca com o nome de Bad Religion.

The Band
Robbie Robertson, que tocou guitarra e escreveu a maioria das canções da banda, nasceu no Canadá em 1944 filho de mãe e pai judeu.

The Bangles
Quem diria que a voz por trás “Walk Like an Egyptian” cresceu cantando no Seder de Pessach? Susanna Hoffs é uma menina judia de Los Angeles que formou a banda em 1981, e até criou uma musica com referencia a saída do Egito.

Blondie
Debbie Harry pode ser o rosto da Blondie, mas a banda não seria a mesma sem o  fundador e guitarrista Chris Stein, um rapaz judeu do Brooklyn, e que criou a maioria das canções.

Michael Bloomfield
Criado em um bairro judeu, em Chicago, Michael Bloomfield recebeu sua primeira guitarra de seu Bar Mitzvah.

Blue Öyster Cult

Os fundadores da Sandy Pearlman e Richard Melzter  do “Blue Oyster Cult” e seu maior sucesso “Don´t Fear The Reaper” são judeus e cresceram e casas religiosas.

Michael Bolton
Nascido Michael Bolotin, em 1954, Michael mudou seu nome em 1983, após encontrar o sucesso mediano como um cantor e compositor. Surpreendentemente, a sua carreira como Michael Bolotin envolveu um período como vocalista de uma banda de metal, Blackjack, que lançou dois discos com a Polydor Records.

Bon Jovi
O tecladista David Bryan é um verdadeiro “mensch”. Bryan nasceu David Rashbaum em Edison, NJ. Foi criado em Yeshivá e sua família até hoje é religiosa. David Bryan ainda é muito ativo em sua sinagoga local.

The Calling
Graças ao seu nome e as implicações religiosas de algumas de suas canções, às vezes são confundidos com uma banda de rock cristão. No entanto, tanto o cantor Alex Band e o guitarrista Aaron Kamin são judeus.

The Clash
Mick Jones cresceu em uma família da classe trabalhadora, em Brixton, o filho de uma mãe judia refugiada russa.

Counting Crows
O vocalista Adam Duritz é judeu, embora totalmente afastado da religião.

Cream
Pete Brown cresceu judeu, em Londres. Brown colaborou no Cream em muitas de suas canções, incluindo “I Feel Free”, “White Room” e “Sunshine of Your Love”.

Dire Straits
É judeu e estudou em escolas judaicas quando jovem.

The Doors
Robby Krieger, guitarrista do Doors é judeu.

Bob Dylan
Talvez o único judeu mais famoso do rock, Bob nasceu como Robert Zimmerman em 1941.

Jakob Dylan
Como o filho de um dos músicos mais influentes do rock, Jakob Dylan fez um trabalho admirável desenvolvimento de uma  carreira própria. Claro, o nome famoso ajuda, fora os olhos azuis que puxou de sua mãe, Sara.

Mama “Cass Elliot“
A Banda “The Mamas and Papas” tinha sua figura judaica. Era Cass Elliot, que supostamente faleceu engasgada com um sanduiche de presunto.

Brian Epstein
Dos Beatles, Brian Epstein famosa sabia tudo sobre o quinto mandamento – a exortação não-muito-rock-and-roll para honrar teu pai e mãe. Epstein trabalhou na loja de seus pais de música (que, coincidentemente, é o lugar onde James McCartney Sr comprou o piano de sua família em um plano de parcelamento). Quando um grupo novo chamado Beatles chamou sua atenção, ele imediatamente perguntou a mãe e o pai onde poderia ver a banda em ação. Eles estavam um pouco inseguro – Yiddishe Epstein mama não tinha idéia de o que vestir para um show de rock -, mas depois do show, eles deram a sua permissão para o filho gerenciar o que viria a ser a banda mais famosa do rock.

Fleetwood Mac
Nascido em uma família muito musical judaica, Peter Fleetwood Mac Greenbaum – mais tarde Peter Green – começaram a tocar com seus futuros colegas de banda no Bluesbreakers, substituindo Eric Clapton em 1966. A banda tornou-se Fleetwood Mac em 1967, quando o resto dos membros deixou para trás o fundador John Mayall para formar seu próprio grupo.

Art Garfunkel  e Paul Simon
Os autores de  ”Sound of Silence” são judeus.

Grateful Dead
Desde seus primeiros dias na cena psicodélica de San Francisco em 1987, quando o seu hit  ”Touch of Grey” foi lançado, o Grateful Dead sempre teve um grande número de seguidores judeus. O baterista Mickey Hart é judeu.

Ofra Haza
Filha de refugiados judeus iemenitas , ela conseguiu alcançar o sucesso internacional sem precedentes para um cidadão do Estado judeu. Haza  gravou com Iggy Pop, Sisters of Mercy, e seu grande companheiro Lou Reed. Ela morreu de complicações relacionadas à AIDS em 2000.

Janis Ian
Janis Ian Janis nasceu Eddy Fink, em Nova York em 1951. Embora ela começou a usar o “Ian” como um sobrenome quando ela começou a tocar música popular no colégio, nunca Ian deixou para trás seu nome dado: seu álbum de 1968 foi intitulado The Secret Life of J. Eddy Fink. Janis é filho de pai e mãe judeus.

Jamiroquai
o vocalista Stevie Wonder nasceu como  Jason Kay no ano de 1969 em Manchester. É judeu e estudou em colégios Hebraicos da Inglaterra

Jefferson Airplane
Quase todos em Jefferson Airplane eram judeus, de alguma forma ou de outra. O baterista Spencer Dryden era judeu.  Marty Balin cantor e guitarrista, era judeu.  Jorma Kaukonen era judia.  Paul Kantner: tecnicamente não um judeu, mas com esse sobrenome, quem se importa?

Billy Joel
O Autor de clássicos como “Piano Man” e “New York State of Mind”e que já vendeu mais de 100 milhões registros ao longo de sua carreira, é judeu orgulhoso.

Kiss

Paul Sanley e Gene Simons, este nascido em Haifa como Chaim Witz são judeus e frequentaram escolas religiosas. A Família toda de Gene vive em Israel e ele é figura constante na Terra Santa.

 

Esta é uma pequena lista dos judeus influentes do Rock, que ainda conta com Lou Reed, Tom Petty, Joey Ramone. Várias bandas contam com mais membros judeus como Van Hallen, Metalica, Heartbreakers, Procol Harum. Se fossemos citar todos aqui, não haveria mais espaço neste site.

 

13 de Julho. Feliz Dia do Rock!

Tags:,