Home » Texto

Uma pequena viagem pelas roupas ortodoxas do Judaísmo.

Enviado por on 04/04/2011 – 15:51nenhum comentário

shtraimel

Uma pequena viagem pelas roupas ortodoxas do Judaísmo!
De acordo com o costume Haredi (judaísmo ortodoxo), as roupas são parte da identidade de uma pessoa e a faz lembrar quem ela é e a que grupo ela pertence. Muitas vezes, as pessoas vão perguntar a um judeu Haredi:  “Você não está com calor com este casaco preto de lã e tsitsit?” (Tsitsi consiste, geralmente, em um pedaço de lã com franjas nos seus quatro cantos.)
É importante saber que, o judeu Haredi veste seu “uniforme” de roupa judaica com muito orgulho. Esse orgulho supera a sensação de calor.

Vamos explicar agora algumas vestimentas clássicas:
Roupas tradicionais judaicas “Yeshivish” (ortodoxo moderno)
Yeshivish em geral, usa roupas ortodoxa judaica moderna e a combina com (até certo ponto) o espírito elegante da moda européia. Eles vestem calça escura, camisa branca, terno curto, gravata e um chapéu preto.

O estilo de roupa Yeshivish vem dos antigos judeus que viveram durante o Iluminismo no século XIX. Os judeus eram secularmente educados, e se sentiam desfavoráveis a vestir uma roupa diferente. O Rabbi Tzvi Nosson Finkel, conhecido no mundo Haredi ortodoxo como o “avô de Slbeodka” (uma região do leste Europeu), procurou incentivar o espírito dos estudantes de yeshiva, elevando sua auto-confiança e prestígio. Ele permitiu que seus alunos usassem roupas que eram considerados na moda: um traje curto, chapéu moderno, óculos redondos e uma bengala. É exatamente assim que os alunos também foram educados.

Pelo costume Yeshivish não há diferença significativa entre traje de semana e de Shabat.
Não são apenas os Yeshivish que se vestem desse modo. Os Chassidim (ortodoxos místicos) do movimento Chabad-Lubavitch se vestem diariamente como o costume Yeshivish exceto no Shabat, quando usam um vestuário com o nome Sirtuk (uma espécie de capota). Os seguidores do Chabad não costumam tirar o chapéu de sua cabeça. Judeus ortodoxos colocam o Tzitzit embaixo de sua roupa. Algumas linhas do Chassidismo colocam o Tsitsit por cima de suas trajes.

No passado, as calças compridas eram considerados modernidade, portanto, alguns Chassidim não usam calças longas, e sim até o meio da perna, amarradas na altura do joelho. Assim era a vestimenta no passado. Hoje, apenas as linhas: Chassídico de Belz, Toldois Aharon, Toldois Avrom Yitzchok, se vestem desse jeito. Chassidim de Gur colocam suas meias até o meio da perna – que em iídiche chama-se “Huizen Zaaken”, ou seja, meias calças.

Na cintura, todas as linhas de Chassidismo usam um cinto chamado Gartel. A maioria dos Chassidim apenas vestem o Gartel durante as rezas ou quando vão fazer uma Mitzvá aos outros.
O chapéu também é uma parte importante do vestuário ortodoxo judaico. Cada costume usa um tipo de chapéu. O chapéu tradicional chassidico usado pela linha de  Belz, Bobov, Skver e Viznitz  é um chapéu alto, com minúsculos pelos, enquanto a linha Satmer e de Jerusalém veste o mesmo chapéu, mas não tão alto. Os chassidim de Gur e muitos outros usam um chapéu de origem polaca que são altos, com uma aba ligeiramente para cima.

No Shabat, na cabeça do Chassid de determinadas linhas, vai estar um “Shtreimel” ou “Spodik”. O “Shtreimel” consiste em um chapéu circular cercado com a pele da cauda de uma raposa. O “Spodik” é usado por Chassidim de origem polaca. É muito semelhante ao “Shtreimel”, apenas um pouco mais alto e feito de pele sintética.

Com citações do site orthodox-jew.com

Tags: