Home » Vídeo

Imperdível: Filme “O UNICÓRNIO DE PORCELANA”

Enviado por on 22/04/2011 – 11:28nenhum comentário

Jovem americano de 26 anos, Keegan Wilcox, foi o único finalista de seu país e vencedor do prêmio de uma competição de curta-metragem cujo nome era “Parallel Lines: ‘Tell It Your Way’” (linha paralelas: conte isso da sua maneira), lançada pela Philips e por Ridley Scott, diretor dos filmes “Gladiador” e “O Caçador de Androides”. Como diz o próprio nome, a ideia era realizar um filme original de até três minutos do tema desejado e de livre expressão, porém este deveria ter exatamente seis linhas de diálogo, tal como consta nas regras do Cannes Lion’s.

Dentre 600 curtas, uma lista de dez foi selecionada por um grupo de avaliadores do RSA, BAFTA e da Philips. Esses, foram colocados no Youtube para o público determinar seu preferido (“People’s Choice”¹). Os cinco mais votados pelos visitantes do Youtube foram levados à Ridley Scott, que selecionou, em 21 de setembro, “Porcelain Unicorn” (Unicórnio de Porcelana), de Keegan Wilcox, como vencedor do prêmio.

Inspirado nas histórias do período de guerra do avô, Wilcox, produtor e diretor da ELA Advertising na California, fez um drama histórico, sensível e comovente, das recordações que um idoso tem do Holocausto no ano 1943, quando ele era um garoto da juventude Hitleriana. Vemos um menino de meias até o joelho invadindo, com seus colegas,  uma loja de judeus, abandonada. Quando escutam um ruído vindo de uma espécie de armário de metal, seus amigos saem correndo, mas ele não. Permanece lá e entra no “armário”, onde encontra uma garota assustada, rodeada por vários brinquedinhos. Entre eles, havia um unicórnio de porcelana, delicado e pequeno, muito precioso para ela.

A garota vê a camisa marrom do menino e este vê a estrela de David no braço dela. Ela dá para ele o unicórnio. Eles compartilham um momento agradável, quando os nazistas invadem a loja. Ele manda-a ir rápido por uma passagem escondida conectada ao armário, e ela escapa. Um soldado nazista bate no menino com o unicórnio e o quebra em pedaços.

O filme volta ao presente, e o senhor se aproxima da porta de uma casa com um embrulho nas mãos. Sem coragem de tocar a campainha vira-se para ir embora quando uma senhora abre a porta e pega o embrulho. Quando o desembrulha, se emociona. Era seu unicórnio de anos atrás consertado e reparado.

Sobre seu curta, Keegan se comove e diz “o triunfo da condição humana é que superamos coisas que podem ser extremamente traumáticas. Nós, meio que, afastamos isso da nossa pele e renascemos – superamos, seguimos em frente e nos fortalecemos”

Ridley Scott escolheu o Unicórnio de Porcelana, pois “tem uma narrativa muito forte; uma história muito completa que foi muito bem contada e executada”. Já Wilcox se sentiu honrado e emocionado por ter sido o escolhido por Scott dentre os cinco finalistas. “Isso veio como uma surpresa enorme”, emocionou-se, e comentou “ser premiado pela Philips com o ganho de uma valiosa oportunidade de experiência de trabalho no RSA é um privilégio e o primeiro passo no longo caminho para a carreira.”

O vencedor do “People’s Choice”, ou seja, o mais escolhido pelas pessoas que acessam o youtube foi uma comédia chamada “Baby Time”, do diretor francês Cedric Petitcollin.

Tags: